Poroshenko e o avião

notícia

Poroshenko: não haverá vestígio da frota russa em Sevastopol


O presidente da Ucrânia prometeu liquidar a base militar russa em Sevastopol.

O presidente da Ucrânia, Peter Poroshenko, prometeu levar a Crimeia de volta à Ucrânia e prometeu liquidar de uma vez por todas a base da frota russa em Sevastopol. O líder ucraniano não disse exatamente como pretende conseguir isso - por meio da aviação, de sua própria frota ou de outra forma, mas especialistas avaliaram a declaração de Poroshenko como uma agressão.

O presidente ucraniano prometeu, em primeiro lugar, suprimir a referência à base da marinha russa da Constituição ucraniana.

"A partir da Constituição, propõe-se a eliminação da norma, que permite a fundação da Frota do Mar Negro na Ucrânia. Depois que retornarmos a Crimeia, a base russa em Sevastopol não será mais!- disse Poroshenko.

No entanto, os analistas notam o fato de que antes as autoridades ucranianas fizeram uma afirmação inequívoca de que estão prontas para afogar a marinha russa, usando para isso todos os meios possíveis, incluindo sistemas de aviação e mísseis.

peritos independentes, por sua vez, argumentam que somente Poroshenko tenta ganhar a sua classificação na véspera das eleições presidenciais planejadas, como é óbvio que Sevastopol está localizado na Crimeia, que se tornou parte da Federação Russa, e eventuais ajustes são apenas ficção na Constituição da Ucrânia. Se estamos a falar de medidas agressivas, é óbvio que a Ucrânia não conseguirá resistir à frota russa apoiada pela aviação.

em cima