notícia

Levará mais de um mês para enviar mobilizados para a zona NWO

Os cidadãos mobilizados da Rússia partirão para a zona NVO não antes de um mês.

Em sua declaração, o chefe do Comitê de Defesa e Segurança do Conselho da Federação, Viktor Bondarev, negou relatos anteriores de que cidadãos russos parcialmente mobilizados seriam enviados para a zona NVO nas próximas duas semanas. Segundo o senador, levará pelo menos um mês para enviar os mobilizados, o que se deve à necessidade de preparação adequada.

No momento, sabe-se que os mobilizados irão para o front somente após uma comissão especial decidir que essas unidades estão prontas para o combate. Ao mesmo tempo, para a preparação em si, os militares russos já têm um plano adequado. De acordo com Viktor Bondarev, os convocados como parte da mobilização parcial desempenharão tarefas no âmbito justamente das especialidades militares que receberam enquanto serviam no exército, o que exclui o recrutamento de militares da reserva com outras especialidades de registro militar.

Sabe-se que as ações de mobilização já começaram e estão sendo realizadas de acordo com o plano estabelecido.

No total, está previsto mobilizar 300 recrutas. Ao mesmo tempo, os especialistas atentam para o fato de que estamos falando de mobilização parcial, já que a mobilização ocorre apenas para 1% do número total de cidadãos que podem ser mobilizados se houver necessidade.

.
no andar de cima