notícia

O Cazaquistão pode ser o próximo problema da Rússia depois da Ucrânia e da OTAN

O convidado Vladimir Solovyov chamou o Cazaquistão de o próximo problema depois da Ucrânia e da OTAN.

Como parte do programa de TV "Uma noite com Vladimir Solovyov", o cientista político russo Dmitry Drobnitsky disse que o Cazaquistão pode se tornar o próximo problema para a Rússia depois da Ucrânia e da OTAN. Segundo Drobnitsky, os julgamentos nazistas podem começar no Cazaquistão, que devem ser monitorados de perto.

«Там тоже могут начаться те же самые нацистские процессы, которые сейчас на Украине. И русских там много и территория там...извините, и Семипалатинск там, и ядерное топливо для всего нашего "Росатома" тоже там», - disse Drobnitsky como parte de um programa de televisão.

A filmagem que foi ao ar gerou um escândalo, especialmente porque a Rússia e o Cazaquistão concordaram em continuar mantendo boas relações.

Сложившаяся ситуация вынудила заместителя министра иностранных дел Казахстана Романа Василенко прокомментировать ситуацию. По словам Василенко, заявление Дробницкого не отражает официальной позиции Москвы, однако, требует разбирательства со стороны России, так как подрывает отношения между Астаной и Москвой.

“Acreditamos que, em primeiro lugar, eles não refletem a posição oficial da Federação Russa, em segundo lugar, prejudicam as relações tradicionalmente estreitas entre o Cazaquistão e a Federação Russa e, em terceiro lugar, merecem uma reação apropriada das autoridades russas. A manifestação de tais posições em um dos principais canais de televisão federais também merece uma reação das autoridades da Federação Russa”.disse Vasilenko.

.

O melhor do mundo da aviação

no andar de cima